Skip links

VACINA COVID-19 – PACIENTES ONCOLÓGICOS

Os principais órgãos nacionais e internacionais apontam segurança e eficácia da vacina para pacientes em tratamento.

 

Diante do atual cenário, surgiram muitas dúvidas entre nossos pacientes sobre as vacinas disponibilizadas pelo Governo Federal. Por isso, compilamos neste texto as principais perguntas e respostas sobre o assunto.

 

1 – Pacientes em tratamento do câncer devem se vacinar contra COVID-19?

SIM. O câncer constitui um fator de risco para complicações do COVID-19, portanto, a vacinação é altamente recomendada.

 

2 – As vacinas disponíveis são seguras para o paciente oncológico?

SIM. Evidências apontam a segurança da vacina com vírus inativado mesmo para pacientes em tratamento.

 

3 – Então, existe uma preferência por determinada vacina?

SIM. Para pacientes imunossuprimidos, é recomendada a vacina com vírus inativado (Coronavac) por ser, historicamente, o tipo de vacina mais usada em pacientes oncológicos, somado à escassez de dados referentes a testes da vacina com vírus vivo atenuado (Oxford/Astrazenca) em pessoas com câncer.

 

4 – O tratamento oncológico pode alterar a eficácia da vacina?

SIM. Segundo a SBOC – Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica, o tratamento quimioterápico pode alterar a resposta imunológica do paciente à vacinação. Já em pacientes em uso de imunoterápicos, o estímulo imunológico poderá interferir tanto na geração da resposta à vacina, quanto nos efeitos colaterais.

 

5 – O paciente oncológico que já contraiu COVID-19 pode ser vacinado?

SIM. Os estudos clínicos incluíram pacientes infectados com COVID-19 previamente e a resposta imune da vacina se mostrou superior e sem acréscimo de toxicidade.

 

6 – Qual o melhor momento para receber a vacina?

O paciente oncológico deve receber a vacina tão logo seja possível.

Idealmente, antes do início do tratamento seria o mais indicado. Porém, diante de um cenário de pandemia, a recomendação é que se receba a vacina independente da fase do tratamento.

 

Você tem mais alguma dúvida?

Envie suas questões para o nosso whatsapp (51) 98464-0913.

 

Fontes: SBOC I Secretaria da Saúde RS I ESMO I ASCO I Pebmed